Formação alemã apreciada em todo o mundo

Berufliche Bildung Ampliar imagem (© Bundesregierung/Denzel)

Formação alemã apreciada em todo o mundo

Na UE, assim como em todo o mundo, há cada vez mais Estados a orientar-se pelo sistema alemão quando se trata de fazer reformas na formação profissional. Por forma a prestar o devido apoio, o governo federal elaborou o documento estratégico "Internationale Berufsbildungskooperation aus einer Hand" (Cooperação Internacional para a Formação Profissional de uma Única Fonte).

O sistema dual alemão de formação profissional combina a formação com o mundo do trabalho. Facilita a procura de postos de trabalho após a conclusão da formação, contribuindo para a redução do desemprego jovem.

Com 7,5%, a Alemanha tem a taxa de desemprego jovem mais baixa da Europa.

Mesa redonda coordena cooperação na formação profissional

Um dos grandes objectivos estratégicos do governo federal no âmbito da "Internationale Berufsbildungskooperation aus einer Hand" é a consultoria e a transferência de know how para os países parceiros Konferenz zur Jugendarbeitslosigkeit Ampliar imagem (© picture alliance / dpa)

Justamente as empresas alemãs que desenvolvem o seu trabalho no estrangeiro têm uma grande necessidade de mão-de-obra especializada. Em determinadas áreas profissionais - como a mecatrónica automóvel - não existe uma formação comparável em muitos países. O sucesso das exportações da indústria automóvel alemã também está dependente da qualidade do serviço no estrangeiro. Já por esta razão, a cooperação na formação profissional também é do interesse das empresas.

Uma "mesa redonda" deverá contribuir para coordenar as actividades na cooperação bilateral para a formação profissional. Esta tem como objectivo estimular a cooperação transversal entre várias áreas e organizações.

A "mesa redonda" é composta por membros de ministérios federais, organizações, câmaras de comércio e indústria, pelo Instituto Federal de Formação Profissional e por representantes dos Estados federados.

Formação profissional contra a falta de mão-de-obra qualificada

Cerca de 5,6 milhões de jovens na UE estão inscritos como desempregados nos centros de emprego. Na Alemanha estão vagos cerca de 34.000 lugares para formação profissional, e as empresas procuram trabalhadores qualificados. Nem a economia nem a política ficaram de braços cruzados face a estes desenvolvimentos.

Inúmeras empresas alemãs empenham-se pela formação profissional no estrangeiro. As Câmaras de Comércio e Indústria, assim como as empresas alemãs representadas nos países parceiros, têm aqui papel central.

6 mil milhões contra o desemprego jovem

A Comissão Europeia já apresentou a proposta para uma garantia de emprego para jovens. O Conselho Europeu dos Chefes de Estado e de Governo disponibiliza para este fim 6 mil milhões de euros, somente para os anos 2014 a 2020. O Banco Europeu de Investimento aumentou o seu capital próprio em 10 mil milhões de euros para poder contribuir, de forma mais eficiente, para a economia e o emprego Berufliche Bildung Ampliar imagem (© Bundesregierung/Denzel)

O tema principal da Conferência para a Promoção do Emprego Jovem foi a melhor forma de aplicar estes meios. A Chanceler e a Ministra Federal do Emprego convidaram as várias entidades a deslocar-se a Berlim para este efeito.

© www.bundesregierung.de

Formação profissional

Angela Merkel vor dem Bundestag am Rednerpult

Aqui encontra toda a informação sobre a Conferência Europeia sobre o fomento e o emprego jovem, que se realizou a 3 de Julho de 2013, em Berlim (alemão/inglês).