54º Conferência de Segurança de Munique

54º Conferência de Segurança de Munique Ampliar imagem (© dpa)

Munique (dpa) – Mais de 20 chefes de Estado e governo, cerca de 40 ministros das Relações Externas e da Defesa irão se reunir de 16 a 18 de fevereiro na Conferência de Segurança de Munique. Entre aproximadamente 600 participantes encontram-se também cerca de 50 chefes da diretoria de grandes empresas.


Na chefia da delegação dos EUA estarão neste ano James Mattis, ministro da Defesa, Kirstjen Nielsen, ministra da Segurança Nacional, e Herbert Raymond McMaster, conselheiro de Donald Trump em questões da segurança nacional. Além destes políticos, Joe Biden, ex-vice-presidente dos EUA,  John Kerry, ex-ministro das Relações Externas, e doze senadores já confirmaram sua presença.

Da Rússia venha talvez Sergey Lavrov, ministro das Relações Externas, e, da Turquia, o primeiro-ministro Binali Yildirim. Pela primeira vez, o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu também confirmou sua presença. A UE estará representada pelo presidente da comissão Jean-Claude Juncker e diversos comissários. Do Reino Unido virá a primeira-ministra Theresa May.

A conferência será inaugurada pela ministra federal alemã da Defesa, Ursula von der Leyen, e pela sua colega francesa Florence Parly. Thomas de Maizière e o ministro federal das Relações Externas, Sigmar Gabriel, também representarão a Alemanha em função executiva. Os representantes de diversas organizações não governamentais também marcarão sua presença.

À margem da conferência deverá haver um encontro sobre a crise da Ucrânia no chamado “Formato Normandia”, ou seja, com a participação da Alemanha, da França, da Ucrânia e da Rússia.

Fonte: dpa; tradução: deutschland.de